G-KZDPBHECNM
top of page
  • Foto do escritorMaria Tosin

Wonka é um musical doce e nostálgico

O ano de 2023 já está chegando ao fim, mas boas produções ainda nos aguardam, Wonka estreia dia 7 de dezembro nos cinemas e traz Timothée Chalamet no papel do já conhecido inventor e chocolateiro, dono da Fábrica de Chocolate. A convite da Warner Bros. já assistimos ao lançamento e você confere a seguir o que achamos!


Sobre o enredo


Wonka é um spin-off do filme A Fantástica Fábrica de Chocolate, por se tratar de um musical, digo que a produção é mais semelhante ao filme de 1971 do que ao de 2005. Wonka traz a história de Willy Wonka, que depois da morte de sua mãe, resolveu ir em busca do seu sonho de vender chocolate em uma das principais galerias do ramo. Nesta produção, conferimos tudo que está por trás da criação da fábrica de chocolate, além de um Wonka ingênuo, gentil e amável, diferente do personagem que vimos nos outros filmes.


Sobre o musical 


Não é novidade pra ninguém que eu adoro um musical e Wonka na verdade poderia ter mais músicas, mas eu entendo que muita gente ainda não aceita o gênero. O filme consegue trazer as canções nos momentos certos, dando até um ar cômico para as apresentações. Preciso ressaltar que Timothée Chalamet se esforçou para os momentos musicais, porém, faltam expressões para dar mais vida ao show, no quesito voz e coreografia o ator se sai bem. É claro que a música que mais vai ficar na sua mente vai ser uma já conhecida pelos fãs dos filmes, aquela cantada pelos Oompa-Loompas.



Sobre o roteiro

O roteiro nos faz mergulhar de cabeça no passado de Wonka, com flashbacks de sua infância, por exemplo. Não é necessário assistir ao filme Fantástica Fábrica de Chocolate para entender o filme, mas é claro que assisti-lo vai te proporcionar uma experiência muito melhor. É incrível entender de onde vem a paixão de Wonka por chocolate, como os Oompa-Loompas surgiram e finalmente como a fantástica fábrica de chocolate é criada. Os diálogos são ótimos e arrancam várias risadas, em alguns momentos o filme parece perder um pouco o ritmo, mas nada que atrapalhasse seu brilho.



A verdade é que Wonka se apoia na nostalgia dos fãs para cativar quem está assistindo e o filme faz isso muito bem, acessando sentimentos bons da época em que assistimos aos outros lançamentos. O grande impacto do filme é o fato que Willy Wonka é apresentado de uma forma completamente diferente do que conhecemos, uma pessoa amável, gentil e ingênua, mas que claramente se tornou quem é por reflexo de seu passado, culpa de pessoas que de todas as formas tentaram o prejudicar.


Sobre o elenco

Apesar de Timothée Chalamet ser a estrela de Hollywood no momento, ainda acho que falta muita experiência para o ator, inclusive prefiro suas atuações em filmes dramáticos, como em “Querido Menino”, onde ele foi excepcional. Sua atuação em Wonka não foi ruim, mas com certeza poderia ser melhor. O filme conta com um elenco de peso e que não consigo colocar defeitos, como Olivia Colman, figura carimbada no Oscar, Rowan Atkinson, nosso querido Mr. Bean, Hugh Grant, entre outros.


Nosso veredito

Wonka é sem dúvida um filme leve, divertido e nostálgico, sua direção de arte e efeitos especiais chamam a atenção, seus diálogos e shows arrancam risadas e sentimentos bons em quem já gostava do universo do filme anteriormente. A produção vai agradar crianças e adultos e com certeza vai conseguir uma incrível bilheteria, não como Barbie, mas está no mesmo caminho.



Comments


bottom of page