G-KZDPBHECNM
top of page
  • Foto do escritorMaria Tosin

Mamonas Assassinas O Filme: elenco não salva erros

A convite da Imagem Filmes, assistimos antecipadamente Mamonas Assassinas O Filme, que estreia dia 28 de dezembro nos cinemas brasileiros. A produção conta a história da banda brasileira que marcou gerações, mas teve um fim trágico. Vem saber o que achamos do filme!


O enredo

O filme acompanha Dinho, Bento, Júlio, Sérgio e Samuel, cinco jovens de Guarulhos que tinham o sonho de ter uma banda de rock, que iniciou com o nome Utopia, mas que por diversas razões se tornou Mamonas Assassinas, sucesso na década de 90 e que infelizmente só teve 8 meses de carreira. O filme acompanha a história de cada um dos integrantes, sua origem, seus sonhos, mas Dinho, o vocalista, acaba tendo um grande destaque na produção, já que ele era praticamente a alma da banda.


O roteiro

Antes de falar sobre o roteiro, preciso relembrar que essa produção não teve o apoio de grandes produtoras de cinema e que o fato do roteiro e a montagem do filme deixarem a desejar pode ter relação direta com esse fato.

O filme segue uma linha do tempo básica, mostrando a vida difícil de cada um dos integrantes da banda, principalmente Dinho, que para conseguir dinheiro fazia até striptease em despedidas de solteira. É importante lembrar que o filme mostra exatamente como era a vida de uma banda de rock brasileira que queria fazer sucesso, que envolvia fazer shows de graça, participar de comícios, entre outras coisas que os músicos passam na esperança de um dia serem descobertos, até aí tudo bem, mas a partir disso alguns erros começam a não passar despercebidos. Como o fato do filme ter cenas extremamente desnecessárias ou um número excessivo de cortes, o que prejudica a imersão e o acompanhamento dessa linha do tempo criada pelo roteiro. A brasília amarela, carro clássico que virou um símbolo da banda e que está sendo usado durante toda a divulgação do filme, aparece por menos de 2 minutos nas telas. O amadorismo da produção pode ser notado até mesmo por quem não é especialista em cinema.

Apesar disso, o filme consegue transmitir a alegria e o brilho que Mamonas Assassinas transmitia para os fãs brasileiros naquela época, é possível dar muitas risadas durante o longa e ao final o roteiro opta por não mostrar o acidente trágico que levou a vida dos integrantes, mas sim um discurso memorável de Dinho em um show em que ele diz que o impossível não existe. 




O áudio

Se tratando de um filme sobre música eu preciso avaliar o quesito áudio também. Ao contrário do filme “Meu Nome é Gal”, Mamonas Assassinas o Filme não quis que o ator dublasse as músicas originais da banda, Ruy Brissac gravou então as músicas da banda utilizando sua voz, o que deu ao filme uma melhor qualidade de áudio, porém, notamos que apesar de Mamonas Assassinas não ter um discografia enorme, o filme passou a impressão de que a banda só tinha um hit: Pelados em Santos. Em certos momentos se torna até chato ouvir por tantas vezes o mesmo trecho da mesma música, algo que não transmite o verdadeiro legado de Mamonas Assassinas. Apesar do filme mostrar como foi o processo de composição de grande parte das músicas, elas não recebem destaque em nenhum momento.


O elenco

Podemos dizer que esse é o único item sem defeitos, pois o elenco foi muito bem escolhido, os atores se parecem fisicamente com os músicos originais, além de incorporarem os trejeitos de cada um, em especial de Dinho para transmitir o que foi Mamonas Assassinas.

Ruy Brissac é o centro do enredo em muitas cenas e ele conseguiu manter a atenção do público diversas vezes, os diálogos cômicos, seu português errado e suas fantasias roubam a cena. Mas é como a gente diz, um roteiro bom pode salvar um ator ruim, mas um ator bom não salva um roteiro ruim e foi exatamente isso que aconteceu na produção. A simpatia do elenco não foi capaz de ofuscar os erros técnicos da produção e eles acabaram ouvindo críticas que não mereciam.



Nosso veredito

Não podemos esquecer que o filme é baseado na nostalgia, o objetivo é resgatar os fãs da banda da época e os transportarem direto para aquele momento e nessa parte o filme acerta. Os erros técnicos na produção nos decepcionam, apesar do elenco brilhar o tempo todo. Infelizmente a produção tinha tudo para ser mais um grande sucesso do cinema nacional, mas acredito que não vai alcançar grandes feitos. 


bottom of page