G-KZDPBHECNM
top of page
  • Foto do escritorNathália Correia

A Freira 2: entenda a cronologia do filme no universo de Invocação do Mal

No dia 07 de setembro estreou no Brasil o filme “A Freira 2”, a nova produção do universo de Invocação do Mal. Dentre várias polêmicas com relação ao roteiro e à direção de arte do longa, um ponto se destacou entre os espectadores: a confusa ordem cronológica em relação ao seu antecessor e às demais obras da franquia.


Assim, elaboramos uma breve explicação para você que, assim como eu, saiu da sala de cinema bastante perdido.



Sobre “A Freira 2”

Antes de mais nada, vamos recapitular a trama de “A Freira 2”.


Nos deparamos com Irmã Irene em mais uma caçada por Valak. Após os acontecimentos do primeiro filme, Maurice acaba possuído pelo demônio. Alguns anos depois, Irene recebe mais uma vez a visita do Vaticano convocando-a para uma investigação. O motivo é uma série de mortes de entes da igreja, como padres e freiras, em circunstâncias bastante suspeitas.


A cena final é o início de outro filme e pós créditos de outro?

Calma, nós vamos explicar.


Em “A Freira” (2018), terminamos a produção com Maurice possuído pelo demônio. Algumas cenas depois, há uma marcação temporal que mostra Ed e Lorraine Warren ministrando uma palestra em que um trecho do exorcismo de Maurice é exibido.


Passando para “Invocação do Mal 1”, no início do filme, Carolyn Perron assiste a uma palestra do casal Warren em que o mesmo acontecimento é exibido e, no final, os demonologistas revelam que Maurice acabou tirando a própria vida.


Assim, se você assistiu “A Freira 2” deve ter ficado confuso ao ver Maurice vivo e ainda sob o tormento do espírito. Isso acontece porque todo o filme se passa entre uma parte de “A Freira” e “Invocação do Mal 1”. Em 2018 vemos que o Francês foi possuído e tanto o homem, quanto a Irmã e o Padre, desconhecem sua condição. É durante esse tempo que Valak vai se apossando de sua alma e utilizando o seu corpo físico para cometer as diversas atrocidades que compõem o enredo deste ano.


Agora, nos emocionamos com o milagre operado por Irene, que culmina no desaparecimento do demônio até então. Porém, no final, quando achamos que tudo acabou, vemos a protagonista lançar um olhar preocupante para o fazendeiro e conectamos as produções. Maurice ainda está possuído e o seu exorcismo acontecerá anos depois com o casal Warren, retornando para a cena final de “A Freira” e inicial de “Invocação do Mal 1”.


Mas, se você é fã da saga, ainda vai restar uma dúvida: a ligação com “Invocação do Mal 2”. Em um dado momento, Irene tem a mesma visão do demônio que Lorraine na continuação de 2016. Isso acontece porque Valak não foi exorcizado. Antes do francês se matar, o espírito se manifestou através de Lorraine, que passa a ser atormentada por visões. É somente no final do longa que a freira desaparece de fato. Já a cena pós-créditos, pode ser tanto uma referência a Invocação do Mal 4, quanto a chamada do padre solicitando o exorcismo de Maurice. Para descobrir teremos que continuar acompanhando a saga.


Ufa! Depois disso tudo, vamos traçar uma ordem cronológica de modo a facilitar o entendimento das produções:


1 - A Freira (2018)

Conta a origem do demônio Valak e introduz Irene e Maurice na franquia. Toda a trama acontece na década de 1950.


2 - A Freira 2 (2023)

Lançado este ano, a continuação mostra que o espírito resistiu aos acontecimentos da produção anterior e possui Morrice, obrigando-o a cometer diversas atrocidades. A Irmã Irene é enviada para entender o que Valak deseja e se livrar, de uma vez por todas, desse mal. Aqui, a história acontece em 1956.


3 - Invocação do Mal (2013)

Iniciando os casos de Ed e Lorraine Warren, um dos demonologistas mais famosos em todo o mundo, o longa se passa em 1971 e mostra o casal em uma missão para ajudar uma família que é atormentada por um mal indescritível.


4 - Invocação do Mal 2 (2016)

Essa sequência traz outro caso dos Warrens, desta vez com uma jovem menina, que fará você se questionar (e se arrepiar) o tempo todo. A trama se ambienta em 1977.



5 - Invocação do Mal 3 (2021)

O filme conta o caso real do primeiro julgamento nos Estados Unidos em que a defesa alegou possessão demoníaca como motivo para o crime cometido. Neste caso, os acontecimentos se inserem na década de 1981 e não tem relação direta com os filmes supracitados.


Depois disso tudo, esperamos que a ordem e a relação entre os filmes das sagas “A Freira” e “Invocação do Mal”, tenha ficado mais claro para você! E se você viu “A Freira 2” não deixe de comentar com a gente o que você achou dessa continuação.


Comments


bottom of page