G-KZDPBHECNM
top of page
  • Foto do escritorMaria Tosin

A Baleia: vale a pena assistir?


No último final de semana aconteceu a premiação do Oscar 2023 e pudemos ver o filme “A Baleia” levando duas estatuetas, a de Melhor Ator e a de Melhor Maquiagem e Penteado. O filme desbancou vários filmes que estavam concorrendo e que não levaram nenhuma estatueta para casa. A seguir trazemos nossa avaliação sobre essa produção.


“A Baleia” acompanha Charlie, um professor de inglês que possui obesidade severa e que tenta se reconectar com a filha adolescente, Ellie. Já no início do filme você se depara com os medos que rondam Charlie, o medo das pessoas verem o que ele se tornou e o julgarem.

O filme todo se passa no pequeno apartamento de Charlie, aos poucos outros personagens são introduzidos a história, primeiro sua amiga enfermeira Liz, que cuida de Charlie por livre e espontânea vontade, logo em seguida um simpático missionário, a filha de Charlie, Ellie, e sua ex-esposa, Mary.


O objetivo do filme é mergulhar na realidade de Charlie, um homem que depois que seu namorado morreu, acabou descontando em si mesmo a dor da perda e passou a conviver com a obesidade, entre a vida e a morte. Preciso ressaltar que no filme todo o ar tenso e dramático está presente por meio da trilha sonora e apesar de fazer algumas pessoas chorarem, é mais provável que você fique tenso ao longo de todo o filme.



Brendan Fraser está incrível no papel, além da maquiagem estar extraordinária, vimos alguns sites criticando o diretor por não escolher um ator realmente obeso para interpretar Charlie, mas acredito que foi exatamente isso que deu o Oscar a Brendan Fraser, sua capacidade de entrar no papel e mostrar como uma pessoa obesa pensa, sente e vive mesmo não sendo assim na vida real.


Não podemos esquecer de Sadie Sink, que ficou conhecida em Stranger Things por interpretar Maxine. Sadie caiu bem no papel de Ellie, interpretando uma menina reativa e amargurada, bem semelhante a Maxine.

Apesar de todas as partes positivas da produção, há algumas falhas que com certeza impossibilitaram que o filme concorresse em outras categorias, como Melhor Filme, Melhor Roteiro e Melhor Direção. A produção foca muito na vida de Charlie, incluindo a explicação sobre porque o filme se chama “A Baleia”, que não serve apenas como metáfora para Charlie, mas também faz parte do enredo entre o professor e sua filha, sentimos falta de um aprofundamento na história de cada um dos personagens, mas também de Charlie, ficamos com poucas informações sobre como era sua relação com seu namorado, há também algumas furos no roteiro em relação ao missionário e a Liz, por exemplo.


Resumindo, “A Baleia” é um filme pesado, dramático e que te coloca no lugar de uma pessoa com obesidade severa que se sente culpada pelas escolhas que fez durante a vida e agora busca recompensar isso. Mesmo que o roteiro não seja perfeito, a atuação e a maquiagem da produção compensam e vale a pena assistir.



留言


bottom of page