• Maria Tosin

The Great: série narra de forma inusitada a história de uma Imperatriz

Atualizado: Jul 11


A nova série produzida pela Hulu, traz a história de Catarina II da Rússia, que governou o império durante boa parte do século XVIII, depois de orquestrar um golpe de Estado que derrubou o marido, o Rei Pedro III, implementou umas série de reformas sociais que modernizaram a Rússia e elevaram-na de nação politicamente dividida a potência mundial.


Bom, de início ao ler a sinopse você pode até concluir que a série parece uma aula de história e pode ser tediosa, mas muito pelo contrário, de maneira cômica e misturando ficção com realidade a série retrata todos os passos da Imperatriz em busca de poder.


A série lembra muito o filme “A Favorita” que concorreu a várias indicações ao Oscar, logo eu descobri que a produção é escrita pelo mesmo argumentista desse filme. Tá explicado a semelhança.


Não poderia deixar de comentar a ótima atuação de Elle Fanning no papel de Imperatriz e sua visão contemporânea que conquista a todos, além de sua beleza incrível que encanta qualquer um. Você com certeza vai sentir raiva do Imperador e se perguntar como pode um homem ser tão burro e infantil, acredito que até um cachorro poderia pensar melhor que ele.

Muitas cenas geram reflexão sobre como era a sociedade naquela época, a medicina engatinhando, não existiam vacinas, nem remédios, a desigualdade gritava, as mulheres só serviam para satisfazer os homens e procriar, mas Catarina usa sua inteligência para navegar por uma sociedade machista e ela também sabe manipular bem as pessoas.


É interessante ver como a série tem cenas cômicas, mas em poucos minutos muda para uma cena de ação e crueldade, o que não falta é sangue e morte, que era tratado com muita naturalidade naquela época. Como eu já havia comentado, a Hulu tem acertado muito em suas últimas produções e espero que continue assim.


Quer escrever aqui? Envie um e-mail pra gente!

©2019 por pippoca.