Quer escrever aqui? Envie um e-mail pra gente!

©2019 por pippoca.

  • Maria Tosin

Filmes e séries com pessoas especiais

Atualizado: Mar 25

A representatividade no cinema é muito importante para todos. Agora é a vez de assistir filmes e séries com pessoas especiais. Confira a seguir.


Tudo que quero


‘Tudo que quero’ é um filme que narra a história de Wendy, uma menina autista que é brilhante e independente. Dakota Fanning dá vida a personagem que escreve histórias de fantasias em seu tempo livre e sua vida fica interessante quando ela descobre uma competição de roteiro.

Ela viaja em uma aventura com seu cachorro – um chihuahua – para entregar um texto que produziu sobre Star Trek, pois a personagem é apaixonada por essa ficção científica. O filme coloca em pauta o autismo, o tema é tratado de forma leve, com comédia e aventura, e mostra para todo que é possível fazer coisas incríveis apesar do seu transtorno.


Atypical


'Atypical' é uma série original da Netflix que conquistou o coração de todos e já está na sua terceira temporada. A história gira em torno de Sam, ele é autista, adora pinguins e toda sua família gira em torno dele, mas durante a série é possível ver sua evolução.

A produção não mostra apenas a vida de um menino autista, ela também narra a história de outros membros da família e trata de temas importantes, como separação, descoberta da sexualidade, relacionamentos, entre outros temas importantes.

Cada personagem é único, mas claro que Sam é o melhor de todos, é possível perceber que ele é o mais sábio de toda a casa, ensinando lições importante para nós a cada episódio.


Special

'Special' está disponível na Netflix e é escrita e estrelada por Ryan O’Connell, a série conta a história de um jovem gay com paralisia cerebral e como ele lida com tudo isso. A produção mostra de uma forma divertida Ryan tentando tomar controle da sua vida, porém, sua paralisia cerebral dificulta isso e o faz ser muitas vezes dependente da sua mãe, a série mostra muito essa relação entre mãe e filho.


Os episódios também retratam de forma realista o sexo gay, tem cenas quentes, sem muita censura e mostra como é o ato sexual de uma pessoa portadora de deficiência. Só com esses pequenos spoillers já dá pra saber que a série quebra vários tabus. Corra para a Netflix e assista.