• Victor Taouil

A doença mais complexa da série House


Se você está aqui provavelmente é fã do excêntrico Dr. House. Nesse post detalhamos rápido e sucintamente o mais tenso episódio de toda série médica, e ai? Será que você irá acertar de qual episódio estamos falando?


Dentre os vários episódios da série é inegável as surpresas durante as descobertas do médico e sua equipe. Alguns episódios, porém, apresentam – além de uma doença inesperada - um suspense e tensão acima do usual. Se você, ao ler o título desse post, pensou nos episódios 20 e 21 da segunda temporada (Euforia parte 1 e 2), você acertou!!


A origem do nome dos episódios não é por acaso, o primeiro sintoma que leva House ao caso é a euforia do policial (Joe) mesmo baleado. A partir daí inicia-se o procedimento padrão de investigação criado por House. Dr. Foreman fica encarregado de procurar por vestígios na residência enquanto Chase e Cameron fazem testes no paciente.


Ao investigar a residência, Foreman encontra um verdadeiro chiqueiro, possível fonte de algumas doenças. O médico, além de se deparar com um apartamento imundo, também encontra uma verdadeira plantação de maconha no apartamento do policial.

Enquanto Joe apresenta cegueira como novo sintoma, os médicos continuam suas tentativas de descoberta da doença, percebe-se claramente que Foreman não está pessoalmente empático com o paciente em questão. Porém, a doença os une, Eric começa a desenvolver os mesmos sintomas que o policial.


Ambos são colocados em isolamento enquanto tentam descobrir o que os afeta, já isolados, uma dor insuportável em todo corpo foi o próximo sintoma que atingiu Joe, levando-o inclusive ao coma induzido para que pudesse suportá-la. O clima é de completo desespero, Eric assiste seu futuro doloroso e numa tentativa alucinada de encontrar respostas, tenta infectar Cameron com uma seringa usada. Só há uma saída para Cameron, desvendar esse mistério.

Enquanto House e o que resta de sua equipe correm atrás de respostas, o policial morre e desespera ainda mais Foreman. A falta de esperança é completa, o pai de Eric é chamado para acompanhar e possivelmente se despedir de seu filho. Apesar de estarem brigados, Foreman deixa Cameron encarregada de responder medicamente por ele. A última opção para salvá-lo é fazer um procedimento arriscadíssimo em seu cérebro para identificar o que o está matando.


House surpreendentemente não quer fazer o procedimento e decide – mesmo correndo risco de se infectar- ir até o apartamento imundo para desvendar a causa. Ao chegar no local faz algumas observações, pensa em algumas teorias e, como sempre, tem uma epifania.

O policial, para irrigar a sua plantação de maconha, usava água armazenada em uma caixa d'água imunda, cheia de pombas e, por consequência, infestada de cocô de pomba.

Imediatamente House liga para Cameron para informá-la. Tarde demais... Ela já fez o arriscado procedimento no cérebro de Foreman e já sabe que Eric tem Meningoencefalite Amebiana Primária. O tratamento é iniciado, mas só nos episódios seguintes se sabe quais foram os danos e sequelas ao médico.



Posts recentes

Ver tudo