• Arthur Ripka Barbosa

Vale a pena ver How I Met Your Father?

Atualizado: 6 de abr.


Quando foi anunciada, How I Met Your Father trouxe uma nova esperança para os fãs de How I Met Your Mother de reviver aquele universo apaixonante e que durou bons 9 anos. Essa série não foi a primeira tentativa disso, sendo que em 2014, um piloto de How I Met Your Dad foi gravado, porém descartado. Com sua primeira temporada finalizada (apesar da exibição, através do Star+, estar atrasada no Brasil), e renovada para sua segunda temporada, venha ver se vale a pena assistir How I Met Your Father.


O enredo

A série segue o mesmo formato de How I Met Your Mother. Nela, Sophie (Hilary Duff/Kim Cattrall), já mais velha, conta ao seu filho, em uma vídeo chamada, a história de como conheceu o pai dele. E assim como na série original, esse spin off mostra os caminhos e as aventuras que Sophie e seus amigos passaram até encontrar seu grande amor, justamente na época de aplicativos de relacionamentos e redes sociais e em plena Nova York.



Falta um pouco de absurdo na comédia

How I Met Your Father é uma série que te arranca algumas risadas. E basicamente só essas algumas mesmo. O principal motivo é que seu humor é muito pé no chão, baseando-se em situações e resoluções realistas. Comparando com How I Met Your Mother, falta o absurdo nele. Em HIMYM toda a série se baseia no absurdo de Ted (Josh Radnor) declarar o seu amor por Robin (Cobie Smulders) no primeiro encontro logo no primeiro episódio, algo que não acontece aqui. A falta de fillers também corrobora com isso, já que os 10 episódios focam muito no desenvolvimento da história e deixam o desenvolvimento das personagens de lado. O único momento em que esse absurdo ocorre é quando evidenciam o choque cultural do lorde inglês Charlie (Tom Ainsley) ao se mudar para Nova York com sua namorada Valentina (Francia Raisa). Em resumo, falta um acidente do abacaxi pra chamar de seu




A série ainda não tem identidade própria

O maior problema de How I Met Your Father é que ela é muito presa ao formato de HIMYM. Pode parecer contraditório com o que disse acima, mas a série precisa encontrar seu próprio tom e sentir menos vergonha de si mesma. Esse problema fica muito evidente quando os momentos que dão aquele calor no coração são os que elementos da série original aparecem. Além disso, é notável como ela tenta se aproveitar de situações que deram certo na série original, como o pedido de casamento no 1º episódio, o protagonista ser um romântico sonhador e até mesmo boa parte das histórias se passarem num bar. Fica a esperança para que isso melhore na próxima temporada, pois a série, mesmo com esse problemas, tem potencial para evoluir.


Posts recentes

Ver tudo