• Maria Tosin

Precisamos falar de O Ensaio


Recentemente um amigo me perguntou se eu havia visto a série “O Ensaio”, que foi lançada dia 15 de julho na HBO Max e me avisou que foi a série mais bizarra que ele já havia visto. Como ele é diretor de cinema, levei a sério sua indicação, fui procurar a produção para assistir e eu preciso comentar sobre ela.


Como o mercado cinematográfico cresceu absurdamente graças a popularização dos streamings, as plataformas se sentem encurraladas na hora de fazer uma produção própria, com medo de produzir mais uma vez uma série ou filme similar aos que já foram lançados e criar algo inédito é praticamente impossível, mas Nathan Fielder conseguiu.



Já pensou em ensaiar para situações que você tem medo e não sabe exatamente como as pessoas vão reagir? Como um encontro, uma entrevista de emprego, uma revelação importante. Para os ansiosos isso pode ser perfeito! A série “O Ensaio” dá para as pessoas a possibilidade de ensaiar uma determinada situação para replicar do jeito que elas imaginavam, Nathan cria um mundo à parte, com cenários e atores simulando exatamente como seria uma determinada situação, tudo para que o participante tenha a falsa sensação de que tudo vai sair como ele deseja. É complicado descrever essa produção, você só saberá a dimensão dela quando assistir.

A série em si é incrível, mas precisamos nos atentar ao objetivo dela: nos dizer que mesmo que tentarmos diminuir as incertezas da vida, ainda é impossível prever 100% o que irá acontecer no momento. Será essa a graça da vida? Achar que temos controle de tudo, mas na verdade não temos controle de nada? Tenho certeza que muitas perguntas vão surgir depois de você assistir a série, que tem episódios novos toda sexta-feira.



Confira abaixo o trailer e tenha um gostinho de como é esse experimento incrível.



Posts recentes

Ver tudo