• Maria Tosin

Boneca Russa: física, viagem no tempo, matemática e computação.

Atualizado: Jul 11

A série Boneca Russa ganhou diversos prêmios de melhor série de comédia e, por isso, resolvi assistir. Porém, essa série original Netflix fez eu fritar meus neurônios.

Geralmente quando eu não gosto de uma série costumo abandoná-la, mas Boneca Russa me prendeu até o fim para tentar entender o que acontece com Nadia.


Basicamente, a série Boneca Russa mostra a vida de Nadia Vulvokov, uma engenheira de software que, no dia de seu aniversário, morre atropelada. Nadia acaba voltando a momentos antes do atropelamento, na sua festa de aniversário, e, por mais que dessa vez ela não seja atropelada, acaba morrendo de alguma forma. Ela passa todos os episódios tentando evitar morrer, mas isso é em vão.


Eu decidi assistir até o final na esperança que no último episódio eu entendesse o que realmente acontecia com ela. Fiquei intrigada, mas no fim de tudo tive que pesquisar na internet para descobrir qual era a verdadeira história. As teorias são as mais diversas: multiversos, teoria do caos e viagens no tempo.



A personagem Nadia é bem exótica, por isso, gostei bastante dela, mas realmente a série fez eu fritar meus neurônios. Uma série de comédia que exige tanto do nosso cérebro é algo novo.


Espero que a segunda temporada explique qual é a verdadeira teoria.


Convido você a assistir essa série. Não me deixem sozinha com essas dúvidas.


NOTAS


Rotten Tomatoes

Temporada 1: 96%


IMDB

7.9




Quer escrever aqui? Envie um e-mail pra gente!

©2019 por pippoca.